HomeBizarricesAs 10 comidas mais bizarras encontradas ao redor do mundo
Bizarrices Gastronomia

As 10 comidas mais bizarras encontradas ao redor do mundo

A gastronomia é uma das expressões culturais mais forte de uma nação, além de ser um forte atrativo turístico permite um contato mais íntimo com o povo e seu lugar de origem através dos sabores. Acontece que em meio a tantas culturas distintas nos deparamos com pratos que chegam a assustar de tão bizarros, animais, plantas, coisas que em alguns lugares são indigeríveis em outros são iguarias disputadas e consideradas finas e exóticas.

balut-2

Para os curiosos, chefs e viajantes de plantão, apresentamos os pratos típicos mais bizarros que você poderá encontrar ao redor do mundo. Confira cada uma dessas iguarias e veja como o homem é capaz comidas sinistras.

Vermes do tronco (Austrália)

Você já imaginou comer larvas? Sim, daquelas que vive encontra em troncos de árvores, algumas até do tamanho da sua mão. Na Austrália, além de ser normal saborear esse inseto, vários restaurantes sobrevivem de tal e podendo encontrar facilmente locais vendendo esse animal assado em espetos.

Vermes-do-tronco

Dizem que um dos fatores mais atrativo desse prato é a primeira mordida que se dar na larva. As pessoas afirmam que ela explode na boca e caso você não morda rapidamente a cabeça do inseto, ele poderá morder sua língua.

Escamoles (México)  

A gastronomia do México é conhecida mundialmente por originar os famosos tacos, no entanto, você já imaginou come-los recheados de larvas de formiga? Além de ser algo comum para os mexicanos, eles não pegam qualquer espécie de formiga e fazem seu recheio, cuidadosamente eles selecionam as larvas mais perigosas e venenosas da região.

Escamoles é o nome da larvas que os mexicanos pegam pegam dos ovos deixados pelas formigas venenosas. Além de seu ingrediente principal ser bizarro, quem já degustou desse prato, assemelha o seu gosto a nozes com a consistência de um queijo.

Torrada de Lesma (França)

A França se destaca mundialmente não somente como um país cheios de atrativos turísticos, mas também, por possuir pratos famosos e admirados no mundo a fora. No entanto, uma das iguarias que vai contra o padrão francês e que você só encontrará nesta região é a Torrada de Lesma. Isso mesmo, uma fatia de pão servida com esse molusco pegajoso, hermafrodita e que rasteja com seu abdômen, fervido em alta temperatura para consumo.

Os franceses são tão fantásticos que apesar de aparentar que não caia muito bem, quem já provou esta comida afirma que as lesmas são suculentas e desmancham na boca.  

lesma

Ovos seculares (Coreia, China e Japão)

Trata-se de ovos de galinha, pato ou ganso, mas não é ovo na forma que você imagina é quando ele ainda está em formação, no começo do desenvolvimento do embrião. Esses ovos são enterrados na terra até que apodreçam por um período de 15 a 120 dias e em seguida comer.  Quando aberto o odor que exala provavelmente será o pior que você já sentiu, lembra amônia de cor escura, e textura lingueta. A iguaria é fina, e tem muitos apreciadores coreanos, chineses principalmente e até japoneses.

ovos-secular-1

Casu marzu (Itália)

A gastronomia italiana é uma das que mais agrada os paladares, conhecida principalmente por suas massas, molhos e queijos. O Casu Marzu é exatamente um queijo podre, um Pecorino italiano em estado de decomposição, feito de com leite de ovelha que é cuidadosamente guardado em um lugar que facilite seu envelhecimento enquanto larvas de moscas fazem morada em seu interior.

As larvas levam o queijo a um estado de fermentação permitindo que ele derreta por dentro, atraindo assim outros insetos para fazerem parte da festa e pondo lá suas larvas. O ponto ideal para consumo do queijo é quando as larvas estão rompendo sua crosta. Vale ressaltar que o produto deve ser consumido enquanto as larvas estão com vida dentro, caso contrário pode tornar-se um alimento tóxico. Pode não parecer, mas o cheiro é uma atração à parte!

casu-marzu-1

Balut (Filipinas)

Você teria coragem de pegar um ovo de pato, com um embrião fertilizado em seu interior, cozinhá-lo vivo e saborear com sal e pimenta? Os habitantes da Filipinas são somente cozinham os ovos, como apenas tiram a parte de cima da casca e se deliciam com o feto que estaria com menos de 20 dias de vida.

Antes de mastigar o couro e ossos do embrião, o líquido presente no ovo primeiramente precisa ser ingerido, pois, apesar de ser levado ao fogo, a iguaria é consumida “crua”. Facilmente você encontrará nas ruas das cidades filipenses, pessoas vendendo esse prato típico e em alguns restaurante eles são servidos como entrada.

balut

Tarântula frita (Tailândia)

Enquanto em grande parte do mundo as aranhas são símbolo de medo e pavor, os tailandeses têm por elas um grande afeto gastronômicos. A iguaria é uma das mais tradicionais do país, podendo ser encontrada nas ruas, comércios e vendedores ambulante. O modo de preparo é simples, apenas enormes tarantulas negras fritas com vísceras, cabeças e até os dentes, sem ser tirado absolutamente nada.

tarantulas

Hakarl (Islândia)

Comer carne de tubarão já é bem estranho, imagine saborear a carne desse de uma espécie desse peixe que possui um cheiro forte, extremamente ácido e que durante seu preparo é enterrado para que ele possa apodrecer por semana e semanas antes de ser consumido.

O Hakarl é uma comida típica da Islândia, que segundo relatos era preparada e degustada pelos vikings que viveram na região, o que explica o modo selvagem do preparo dessa iguaria. No entanto, o que não se consegue explicar é como os islandeses conseguem saborear essa comida, que ao ser servida possui um odor muito forte, sendo recomendado tampar o nariz porque você pode até vomitar antes mesmo de se deliciar.  

hakarl

Morcego (China e Vietnã)

Os morcegos que se alimentam de frutas são os que fazem parte de alguns pratos servidos aos humanos pois esses não são venenosos, tem baixo teor de gordura e sua carne lembra carne de frango. Alguns pratos a base desse animal são encontrados principalmente do continente Asiático. A sopa de morcego é querida entre os chineses vietnamitas trata-se do morcego inteiro com pele e vísceras dentro de um caldo a base de leite de coco. Em outras partes é possível encontrar lasanha e churrasquinho de morcegos.

sopa-de-morcego

 

Sopa de ninho de pássaro (China)

Na China você vai encontrar de tudo, até sopa feito com o que nichos que os próprios pássaros abandonam, sendo geralmente de andorinhas. Essas aves usam da própria saliva para construir a estrutura no topo das árvores, e chefs afirmam que é justamente essa saliva que dar a textura gelatinosa a sopa, depois que os ninhos são dissolvidos na água. O ingrediente principal é cuidadosamente coletado e difícil de ser encontrando, o que torna essa iguaria chinesa um prato de alto custo.

ninho-de-passaro

O HU quer saber, você teria coragem de saborear algum destes pratos? Ficou com água na boca ao imaginar o sabor deles? Comente no campo abaixo! Aproveite os pacotes especiais do Hotel Urbano e se preocupe apenas em escolher o país que você vai encarar degustar de suas comidas típicas.

Viva mais histórias se deliciando com a gastronomia internacional. Aproveite e conheça outros roteiros através do nosso Facebook, Instagram, Youtube, Pinterest, Twitter e Viajante HU!

Comentar

Clique aqui para comentar

Categorias

Categoria - Viagem

Categoria - Filmes e Séries

Categoria - Humor

Categoria - Bizarrices

Categoria - Gastronomia

Categoria - Mundo Geek

Catergoria - Livros

Newsletter

Deixe aqui seu nome e e-mail para receber nossas novidades, participar de sorteios e muito mais ;P

Sua Viagem pelo Melhor Preço!

Você pode se interessar!